CUIDADOS
Aqui tem algumas dicas para ajudar você cuidar de seu cashmere para ele acompanhar você por muitos anos, como novo.


Tricô de Cashmere:
O tricô de cashmere pode ser lavado a mão o a seco. Sugerimos lavar a mão, para potenciar a caraterística do cashmere Grado A de se-suavizar ainda mais com lavados sucessivos.

Para eles ficar sempre como novos, seguir os seguintes passos:
      • Lavar com água fría sempre a menos de 40°C e um bom sabão de roupas finas ou shampoo muito suave.

      • Apenas mexer sem esfregar, retorcer ou esticar.
      • Não deixar em mergulho.
      •Enxaguar com abundante água morna a fría.
      •Apertar para escorrer o excesso de água.
      • Ainda húmido, esticar docemente e corregir para dar forma original. 
      • Secar horizontal sobre uma toalha fora do sol direto ou fontes de calor.
      • Nunca colocar em secadora de roupas.
      • Dobrar a peça em papel seda/tissue e guardar raso em gaveta ou prateleira, nunca pendurar ou colocar as peças de         malha em cabide.
      • Alternativamente, lavar a seco por especialista. 

Tratar as manchas o mais logo possível, enxaguar imediatamente com água fría. A água quente pode fazer a mancha ficar.

Se a peça molhar por acaso, secar fora de fonte direta de calor e escovar com felpa.
Deixar as peças de malha ou tear descansar 24hs antes de vestir elas de novo para as rugas sumirem.


Xales, pashminas e cachecols de tear:
Trata-se do tecido em cashmere mais delicado. Todos nossos xales, estolas, cachecóis e pashminas são feitos em tear manual, o único que permite tecer o cashmere superfino preservando sua integridade. Sugirimos por tanto:

       • Lavar a seco por especialista. 
       • Guardar colocando em cabide acolchoado (sem grampos que possam deixar marcas) como se for calças sociais.
       • Alternativamente guardar ele dobrado na prateleira o gaveta, evitando colocar muito peso sobre ele. 


Roçamento e formação de bolhas
O cashmere, sendo a fibra natural mais fina e delicada que existe, requer um pouco mais de cuidado do que as fibras mais grossas. Devido a natureza das fibras, é possível que a peça forme algumas bolhas nas áreas de maior roçamento (axilas, onde o bolso da mulher ou bolsos internos do casaco ou paletó roçam) ao vestir ele pelas primeiras vezes.

Essas bolinhas, não significan qualidade inferior, são fibrinhas que ficaram com as pontas fora e se embaraçaram. Elas podem ser removidas a mão sem dificuldade e dificilmente formem de novo. 


Traças
As traças tem muito bom gosto, e do mesmo jeito que nós, adoram o cashmere. Para prevenir elas fazer um banquete com seu cashmere, guarde ele sempre limpo. 

Ao fim da estação, lavar a seco ou húmido a peça segundo ela ser malha o tear em sacola especial de roupas em local seco e fresco. Dobrar as malhas e guardar em gaveta com cristais ou spray anti-mariposas ou spray.

Como prevenção, mantenha sempre limpo o armário, livre de poeira e coloque bolinhas de naftalina no armário. Se não gosta do cheiro, as bolinhas de cedro são o repelente natural ideal para as traças. Também, limpar com óleo de cedro o armário é uma boia ideia . Se utilizar óleo de cedro, só guardar de novo seus vestidos nas gavetas e prateleiras quando ele estiver bem seco e absorvido na madeira.

Alternativamente, sachês perfumados, galinhos de alecrim, lavanda ou cravo da Índia, também funcionam muito bem. Trocar eles a cada dois o três meses quando os azeites já evaporaram. Quanto nós gostamos desses cheirinhos, as traças odeiam!

S
e você planeja guardar seu cashmere embrulhado em papel seda, verifique que o papel seja livre de ácido e não desmanche. Se não tiver certeza, escolha papel seda branco. 

Se você ter alguma dúvida sobre como cuidar de seu cashmere, entre em contato conosco, será um prazer ajudá-lo.

Todos nossos pedidos de cashmere incluem um saché contendo uma bolinha de madeira de cedro genuíno para ajudar você manter traças e bolor, bem longe.